Tendências de Big Data para 2019

A grande quantidade de dados possibilitou o surgimento de tecnologias que estão levando as empresas a um novo patamar, onde se tem a possibilidade de tomar decisões baseadas em dados. O Big Data vem sendo considerado por algumas empresas como uma atividade essencial para seus negócios, pois representa a oportunidade de obter vantagens competitivas analisando o maior número de dados possível. Em vista disso, algumas empresas estão atentas para saber quais serão as tendências de Big Data para o ano de 2019. Por isso vamos listar aqui alguns tópicos que podem estar em alta este ano. Confira!

Crescimento de IoT

Hoje em dia já é comum utilizarmos nossos Smartphone para realizações de tarefas domésticas específicas, graças ao surgimentos de assistentes virtuais como o Google Assistant e a Microsoft Cortana. Ou até mesmo controlar eletrodomésticos graças à tecnologia chamada Internet das Coisas, ou IoT na sigla em inglês.

Estima-se que o uso de IoT deverá crescer muito nos próximos anos e isso levará o surgimento de novas soluções capazes de coletar uma quantidade ainda maior de dados, além de armazená-los com segurança, analisá-los e processá-los.

Clouds Híbridas

Clouds híbridas combinam o uso de clouds privadas (mantidas pelas próprias empresas) com clouds públicas (contratadas de serviços como a AWS). Com este sistema é possível aproveitar as vantagens que cada uma apresenta.

Neste cenário, algumas tarefas podem ser divididas entre os dois tipos de cloud. Por exemplo, para projetos com alto volume de dados e baixos requisitos de segurança, a cloud pública seria a opção mais adequada, enquanto a cloud privada seria utilizada para processar projetos mais confidenciais.

Estima-se que o uso deste tipo de cloud irá crescer em 2019.

Crescimento da análise preditiva

O uso de Big Data Analytics se voltará cada vez mais para tentar prever o que pode ocorrer no futuro, como por exemplo determinar o comportamento de consumidores. Hoje em dia, as estratégias de análise em Big Data vem ajudando as empresas a compreenderem o motivo pelos quais certos eventos ocorreram.

Esta pequena mudança no modelo de analisar os dados permite que empresas possam tomar decisões mais assertivamente, já que preveem a ação do cliente antes dele fazê-lo.

Plataformas de Inteligência Artificial

Espera-se que o uso de plataformas de Inteligência Artificial para processar Big Data represente uma melhoria significativa na obtenção de Insights e de eficiência. Para se ter uma idéia, em uma campanha de marketing, enquanto estratégias de Analytics podem ajudar a segmentar clientes, o uso de IA pode recomendar qual campanha irá funcionar melhor na sua base de clientes. É uma pequena mudança que pode significar o aumento de vendas.

Chatbots mais inteligentes

Com o aperfeiçoamento de técnicas de IA, os Chatbots que estão sendo desenvolvidos possibilitam interação mais personalizada com os clientes, muito próximas a de uma interação humano-humano.

Com o Big Data esta experiência pode ser mais agradável, já que os bots poderão processar uma grande quantidade de dados para fornecer respostas mais relevantes às consultas dos clientes. Além disso, durante a interação, os bots poderão coletar e analisar dados dos clientes que poderão servir para traçar o perfil daquele cliente. Isso poderá ajudar a equipe de marketing a desenvolver estratégias mais personalizadas.

Lei Geral de Proteção de Dados (LGPD)

Com a sanção da lei pelo presidente Michel Temer em Setembro de 2018, as empresas terão até Fevereiro de 2020 para se adequarem a ela, já que o não cumprimento dela significará em multas altíssimas.

O objetivo geral desta lei é garantir a privacidade dos dados pessoais coletados e permitir que as pessoas tenham maior controle sobre ele. Por exemplo, as pessoas poderão solicitar até mesmo a exclusão total de seus dados dos sistemas das empresas. Isso pode significar um grande desafio, principalmente para instituições que possuem sistemas muito antigos.

Por isso espera-se que este tema esteja em pauta nas empresas no ano de 2019 para conseguirem cumprir os requisitos da lei no prazo determinado.

E você, o que achou destas tendências? Deixe sua opinião nos comentários abaixo. Será muito interessante debater sobre este assunto.

Este post foi fortemente influenciado por estas referências:

https://www.kdnuggets.com/2018/09/10-big-data-trends.html e https://www.dataversity.net/big-data-trends-2019

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *